Finda o segundo dia de provas do Enem

Óleo nas praias do nordeste, carro elétrico, bomba atômica e até Harry Potter. Esses foram alguns dos temas que os estudantes encontraram na prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de hoje (24). Com questões de matemática e ciências humanas, a avaliação foi encerrada às 18h30, no horário de Brasília.

Com abstenção recorde no primeiro domingo de provas (17), onde mais de 50% dos inscritos deixaram de comparecer às provas, esta edição do Enem ainda foi marcada por alunos impedidos de realizar o exame por superlotação de salas. As falhas de logística, segundo o Ministério da Educação, no entanto, não vão prejudicar os estudantes.

“Por falha de planejamento, eles não vão ser prejudicados. Eles vão, de fato, ter a oportunidade de fazer a prova”, disse o titular da pasta da educação, Milton Ribeiro, enquanto acompanhava a saída de alguns estudantes em um local de provas em São Paulo.

Sobre a abstenção, Ribeiro acredita já ser esperado e usou a argumentação de que “Em 2009, nós tivemos 37% de abstenção. Não tinha pandemia, não tinha crise financeira, não tinha nada. No ano de 2019, nós tivemos 23% de abstenção. Então, era esperado uma abstenção”, declarou. O número exato de ausentes no segundo dia de provas ainda não tinha sido divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão responsável pelo exame, até o momento desta matéria.

Fonte: Metro1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *