Sesab registra sete ocorrências no primeiro dia de Carnaval

O Carnaval da Bahia deu seu pontapé inicial na tarde da quinta-feira (8) e a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) entrou na folia para cuidar dos baianos desde cedo. Na estreia da folia, até às 6h da manhã desta sexta-feira (9), houve um total de sete ocorrências médicas nos circuitos, sendo três no Circuito Dodô, duas na Praça Castro Alves, uma em Itapuã e uma no Pelourinho.
O número é 22% menor que em 2023, quando nove ocorrências foram registradas no primeiro dia de Carnaval. Todos os pacientes foram encaminhados ao Hospital Geral do Estado (HGE). Duas ocorrências tiveram como motivação agressão física, duas foram por queda, uma por agressão com arma branca e duas por outros motivos.
Para o Carnaval 2024, o Governo da Bahia investiu R$ 3,7 milhões em reforço nos plantões de assistência em unidades de saúde, testagem de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) nos estandes no Circuito Dodô, em Salvador, e distribuição de preservativos, entre outras ações.
“Nosso desejo é que as pessoas possam curtir o Carnaval com tranquilidade, saúde e se prevenindo. Mas se precisarem de assistência, o Governo da Bahia estará pronto para dar todo o suporte para os foliões”, afirma a secretária da Saúde, Roberta Santana.
Os estandes ficam abertos das 16h às 2h. Nesta sexta-feira, o posto localizado na Passarela do Descobrimento, em Porto Seguro, será inaugurado.Testagem de IST
Nos dois estandes montados no Circuito Dodô, na Av. Centenário (Barra) e na Av. Milton Santos (Ondina), até 2h da manhã da sexta-feira, foram 984 exames de IST realizados. Ao todo, 31 deram positivo, sendo 25 para sífilis, cinco para HIV e um para hepatite C. Não houve casos positivos de hepatite B. A maioria dos pacientes se identificou como homem cisgênero (135) e tinha entre 20 e 29 anos (107).
Quem testou positivo passou por uma orientação e já saiu do estande com consulta marcada. Já os pacientes que tiveram resultado positivo para sífilis, tinham a possibilidade, caso desejado, de já iniciar o tratamento no próprio estande, com a aplicação da penicilina benzatina (Benzetacil). Ao todo, 15 pacientes optaram por receber o medicamento.
“Essa é uma novidade para o Carnaval 2024, para que os pacientes já possam iniciar o tratamento contra a sífilis imediatamente e não perderem tempo no combate a essa IST”, declara Roberta Santana, que visitou o estande da Barra na noite da quinta-feira.
Além de realizarem os testes de IST, as equipes da Sesab distribuíram 129.600 preservativos no primeiro dia de Carnaval, divididos entre disponibilizados nos estandes e distribuídos em ações nos circuitos e em pontos turísticos.
Violência contra a mulher
O Serviço de Atendimento às Mulheres Expostas à Violência Sexual, localizado no Hospital da Mulher, em Salvador, que acolhe mulheres, adolescentes e trans a partir de 12 anos expostas a situações de abusos e violência sexual não registrou ocorrências provenientes do circuito da festa no primeiro dia. O serviço multiprofissional está em funcionamento durante 24 horas, em todos os dias do Carnaval.
Hemoba
Nas unidades fixas e móveis do Hemoba, ao todo, 562 pessoas compareceram para doação de sangue, sendo 429 bolsas coletadas. Houve ainda cinco cadastros para doação de Medula Óssea.
Inspeções
A corregedoria da Sesab inspecionou 11 unidades de saúde na quinta-feira de Carnaval. Ao todo, foram 835 inspecionados e 64 profissionais foram notificados por não comparecerem ao plantão ou realizarem troca sem aviso prévio. Foram visitados o HGE, Hospital Geral Ernesto Simões Filho, o Hospital do Subúrbio, o Hospital Geral Roberto Santos, a Central de Regulação, as Unidades de Emergência de São Caetano, Pirajá e Curuzu, o Instituto de Perinatologia da Bahia (Iperba) e as maternidades Tsylla Balbino e Albert Sabin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *